Notícias

30/03/2017

FRANCISCO BELTRÃO - Rede de Atenção e Proteção Social dos municípios da região

 

 

Encontro de Capacitação da Rede de Atenção e Proteção Social em Francisco Beltrão e Pato Branco.

FRANCISCO BELTRÃO - Capacitação da Rede de Atenção e Proteção Social dos municípios da região

Autoridades do setor público
compuseram a mesa de honra.
(Foto: Assessoria de Imprensa)

Veja também:

•   Publicação "Tecendo Redes"
•   Fotografias do evento
•   Notícias relacionadas
•   Links referenciais

Aconteceu no dia 28 de março de 2017, no Teatro da União de Ensino da Sudoeste do Paraná (UNISEP), em Francisco Beltrão, o primeiro encontro de Capacitação da Rede de Atenção e Proteção Social dos municípios que compõem as regiões de Francisco Beltrão e de Pato Branco.

Este primeiro encontro faz parte de uma série de encontros que ocorrerão entre os meses de março e agosto de 2017, tanto em Francisco Beltrão como em Pato Branco. A capacitação aos profissionais do Sistema de Garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente é uma iniciativa do Ministério Público do Estado do Paraná, por meio da 4ª Promotoria de Justiça de Francisco Beltrão, 3ª Promotoria de Justiça de Pato Branco e do Núcleo de Apoio Técnico à Execução (NATE/CAEx) - Serviço Social das 4ª e 5ª Unidades Técnicas de Apoio Técnico Especializado (URATEs) - e do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (CEAF), em parceria com os Escritórios Regionais da Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social (SEDS) de Pato Branco e de Francisco Beltrão e com a Associação de Conselheiros e Ex-conselheiros Tutelares do Sudoeste do Paraná (ACTESP). O objetivo dos encontros é estimular a reflexão da prática e assimilar novas possibilidades de intervenção no cotidiano profissional dos trabalhadores que compõem o Sistema de Garantia de Direitos (SGD), no intuito de promover a prevenção da violação dos direitos e o princípio da proteção integral da criança e do adolescente.

Solenidade de abertura

Participaram da solenidade de abertura o vice-prefeito Antonio Pedron, que representou o Executivo, a vereadora Franciele Schmitz, representando o Legislativo e como colaboradora na organização, a promotora Camille Marques Dib Crippa, da Comarca de Francisco Beltrão, o promotor Rapahel Adalberto Soares, da Comarca de Pato Branco, a juíza Carina Daggios, da Vara da Infância e Juventude do Fórum de Beltrão, Julia Del Valle Mañex, assistente social e coordenadora técnica da Unidade de Serviço Social do Nate, Rafaela Losi, da Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social, Regional de Pato Branco, Renato Gardasz, presidente da Associação dos Conselheiros Tutelares do Sudoeste, e Itamar Vodzicki, diretor de Planejamento da Unisep.

"Vamos ver aqui o que cada um de nós pode fazer para melhorar, e estamos num momento especial, com o começo das administrações municipais", comentou a promotora de Francisco Beltrão Camille Dip Crippa, a primeira a falar.

Em seguida a fala foi do vice-prefeito anfitrião, Antonio Pedron (PSC), que deu as boas-vindas aos presentes dos 42 municípios inscritos. E reforçou que com educação e atenção a crianças e adolescentes "promovemos boas transformações".

O promotor de Pato Branco Rapahel Adalberto Soares disse que "o trabalho com crianças e adolescentes é permanente, e muitas vezes invisível para a sociedade". E reforçou que a capacitação que estava começando - serão três encontros regionais em Beltrão e mais três em Pato Branco ao longo do ano - "é muito importante, assim como a troca de experiências; isso recarrega nossas energias."

Julia Del Valle Mañex, assistente social e coordenadora técnica da Unidade de Serviço Social do Estado, fez um apanhado histórico da formação da luta e organização das políticas em favor das crianças e adolescentes.

Uma das organizadoras do evento, e representante do Poder Legislativo local, foi a vereadora Franciele Schmitz (PSDB), que até o ano passado comandou o núcleo regional da Secretaria de Desenvolvimento Regional.

Ela fez um balanço: "Sem dúvida, um marco na região Sudoeste!", exclamou. E concluiu: "Garantir direitos implica em atuar em três frentes: a da promoção dos direitos instituídos, a da defesa quando há violação, e o controle na implementação das ações que visam sua realização; de tudo isso se conclui que a efetividade do sistema de garantia de direitos resulta da interação entre atores, instrumentos e espaços institucionais em cada uma das três frentes, bem como da complementaridade e do reforço mútuo entre essas frentes".

Apresentação Cultural

Antes da abertura do treinamento a plateia ficou encantada com a apresentação do grupo instrumental de violão e viola do Centro Estadual de Educação Profissional do Sudoeste (Colégio Agrícola). O grupo desenvolve a música em instrumentos de cordas (viola e violão). Também interpreta músicas vocalizadas. Participaram da apresentação Higor Cogo, Luan Baldessar, Junior Rossi e o professor Marcos Willian da Silva.

Primeiro módulo

Participaram do primeiro módulo 740 profissionais, entre conselheiros tutelares, profissionais das políticas públicas de Assistência Social, de Saúde e de Educação, do Ministério Público, do Poder Judiciário e da Segurança Pública dos municípios de Bom Sucesso do Sul, Itapejara D'Oeste, Vitorino, Pato Branco, Coronel Vivida, Honório Serpa, Mangueirinha, São João, Sulina, Saudade do Iguaçu, São Jorge D'Oeste, Chopinzinho, Clevelândia, Mariópolis, Palmas, Coronel Domingos Soares, Ampére, Barracão, Bela Vista da Caroba, Boa Esperança do Iguaçu, Bom Jesus do Sul, Capanema, Cruzeiro do Iguaçu, Dois Vizinhos, Éneas Marques, Flor da Serra do Sul, Francisco Beltrão, Manfrinópolis, Marmeleiro, Nova Esperança do Sudoeste, Nova Prata do Iguaçu, Pérola do Oeste, Pinhal de São Bento, Planalto, Pranchita, Realeza, Renascença, Salgado Filho, Salto do Lontra, Santa Izabel do Oeste, Santo Antônio do Sudoeste e Verê.

Na primeira palestra, Angela Christianne Lunedo de Mendonça - pedagoga do Centro de Apoio Operacional das Promotorias da Criança e do Adolescente, falou sobre o Sistema de Garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente no período da manhã e, no período vespertino, explanou sobre a dimensão jurídica e pedagógica da construção da Rede de Proteção da Criança e do Adolescente. Após as explanações de Angela, foi a vez da assistente social e Chefe do Escritório Regional de Ponta Grossa da Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social (SEDS) relatar a experiência da formação da Rede de Proteção Social na região de Ponta Grossa/PR.

Próximo módulo

O próximo módulo será sobre a execução das Medidas Socioeducativas em Meio Aberto, no dia 25 de abril de 2017, no Auditório da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) em Pato Branco.

Veja aqui a programação completa.

Iniciativa

A iniciativa é do Ministério Público, através do Centro de Apoio Técnico da Unidade de Serviço Social da 4ª Promotoria de Justiça de Francisco Beltrão e 3ª Promotoria de Justiça de Pato Branco, e do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional.

Em resumo, a capacitação será realizada em seis etapas, sendo três em Francisco Beltrão e três em Pato Branco, com palestras e debates sobre a proteção da criança e do adolescente. Participam profissionais das áreas de assistência social, saúde, educação, conselheiros tutelares, Ministério Público e outros segmentos.

 

Fontes:
•   CEAF / MPPR - Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional
•   Jornal de Beltrão: Lideranças motivam profisisonais que atuam com crianças e adolescentes
•   Jornal de Beltrão: Em Beltrão, encontro capacita sobre direitos da criança
•   Prefeitura de Francisco Beltrão - Direitos da Criança e do Adolescente

 

- Download PDF -

Tecendo Redes - Fortalecimento das redes de proteção à infância e à adolescência no Paraná
Projeto Tecendo Redes - Realização: Rede Marista de Solidariedade e CAOPCAE/MPPR
Informações adicionais:   Rede de Proteção
[Fonte: Marista - RMS - Publicações]
Download:           [ baixar ]
Visualizar:            [ ISSUU ]
(formato PDF - tamanho 3,7MB - 94 págs - Curitiba, 2014)

 

Fotografias do evento

28/03/2017 - Capacitação da Rede de Atenção e Proteção Social em Francisco Beltrão e Pato Branco

Rede de Proteção - Foto 01
Autoridades do setor público compuseram a mesa de honra.
(Foto: Assessoria de Imprensa)
 
Rede de Proteção - Foto 02
 
Rede de Proteção - Foto 03
 
Rede de Proteção - Foto 04
 
Rede de Proteção - Foto 05
 
Rede de Proteção - Foto 06
 
Rede de Proteção - Foto 07
Parte do público presente no teatro na Unisep, no debate regional sobre ações de políticas sociais para crianças e adolescentes.
(Foto: Badger Vicari/JdeB)
 
Rede de Proteção - Foto 08
 
Rede de Proteção - Foto 09
 
Rede de Proteção - Foto 10
 
Rede de Proteção - Foto 11
 
Rede de Proteção - Foto 12

 

Matérias relacionadas:   (links internos)
»   Atuação em Redes
»   Eventos
»   Publicações: Redes de Proteção & Políticas Públicas
»   Rede de Proteção

Download:   (arquivos PDF)
»   Tecendo Redes - Fortalecimento das redes de proteção à infância e à adolescência no Paraná

Referências:   (links externos)
• CEAF / MPPR - Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional
• Jornal de Beltrão: Lideranças motivam profisisonais que atuam com crianças e adolescentes
• Jornal de Beltrão: Em Beltrão, encontro capacita sobre direitos da criança
• Prefeitura de Francisco Beltrão - Direitos da Criança e do Adolescente

 

 

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.