• Criança

CAOP Informa

17/06/2019

PUBLICAÇÃO - Promotora lança cartilha para jovens sobre relacionamento abusivo

Valéria Scarance quer orientar meninas a perceberem os primeiros sinais de uma relação tóxica.

PUBLICAÇÃO - Promotora lança cartilha para jovens sobre relacionamento abusivo

(Foto: Marta Luciana Hempel - EyeEm/Getty Images)

Veja também:

•   Publicações
•   7 Dicas
•   Links referenciais

Nos últimos anos, o termo relacionamento abusivo ganhou grande visibilidade. Trata-se de condutas de dominação sobre o outro que podem causar danos, tanto psicológicos quanto físicos. Quem enfrenta a situação, normalmente tem dificuldade em notar os primeiros sinais de abusos porque muitos deles são considerados normais na sociedade.

Com o objetivo de orientar jovens a perceberem atitudes abusivas do companheiro, a promotora de Justiça do Ministério Público de São Paulo Valéria Scarance produziu a cartilha "Namoro Legal", que contém dicas práticas de como perceber se uma relação está se tornando tóxica.

"Nós, que trabalhamos com a luta pela igualdade de gênero, percebemos a necessidade de conversar com as jovens de um jeito diferente. E a cartilha surgiu dessa forma", explica Valéria à CLAUDIA.

Sem usar as palavras "violência", "vítima" e "agressor", a cartilha é didática e fornece sete dicas sobre namoro. A ideia é que meninas que estejam passando por relacionamentos abusivos, mas ainda não perceberam a situação, se interessem pelo assunto e passem a reconhecer condutas dominadoras do parceiro.

"Essas dicas, embora sejam leves e práticas, trazem uma mensagem muito poderosa e importante", afirma Valéria. "O objetivo é que ela [cartilha] seja um importante instrumento de prevenção a relacionamentos abusivos e ajude a jovem mulher a refletir sobre suas relações e a impor limites para que os abusos não evoluam para um caso mais grave como a violência física".

Casos de relacionamento abusivo são mais frequentes em jovens

Segundo a pesquisa "Visível e Invisível 2019", do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, 42% das mulheres entre 16 e 24 anos sofreram violência em 2018 no Brasil. Na opinião da promotora, isso acontece devido à inexperiência dessas jovens mulheres.

"Se as mulheres já estão sujeitas ao controle e à dominação, o perigo é ainda maior para as jovens e adolescentes porque elas estão iniciando essa fase da vida e não sabem como identificar as condutas abusivas", defende Valéria. "Elas cedem mais rapidamente a um relacionamento abusivo por conta da idade e inexperiência", completa.

De acordo com a pesquisa "O Jovem Está Ligado", do Instituto Avon, atitudes como não aprovar que a parceira saia sozinha ou beba em bares, forçar relação sexual sem preservativo e forçar o fornecimento da senha das redes sociais são sinais de alerta.

Prevenção

A cartilha "Namoro Legal" já está disponível no site no Ministério Público e pode ser acessada por qualquer pessoa. "A ideia é compartilhar essa cartilha em grupos, nas redes sociais, para que elas cheguem ao conhecimento das jovens e sirva como um instrumento de prevenção ao relacionamento abusivo", explica a promotora.

Além do material, o projeto, que foi feito em parceira com a Microsoft, contará também com o lançamento da MAIA (Minha Amiga Inteligência Artificial). Trata-se de uma robô virtual que conversa com jovens e adolescentes, pelo Messenger, com base nas dicas da cartilha. Assim, ajuda as jovens a identificar comportamentos abusivos.

Ainda sem data para lançamento, ela deverá ficar hospedada no site do Ministério Público, da Plan International e da Capricho. "O objetivo é que seja um instrumento de fácil acesso", afirma Valéria.

Por Gabriela Maraccini

[Fonte: Claudia - Revista - 14/06/2019]

 

- Download PDF -

Namoro Legal
Cartilha da Campanha #NamoroLegal
Elaboração do conteúdo:   Dra. Valéria Diez Scarance Fernandes, Coordenadora do Núcleo de Gênero do MPSP
Informações adicionais:   Realização: MPSP     Apoio: Microsoft     Pesquisa: Visível e Invisível
 
Download:         [ opção 1 ]         [ opção 2 ]
(formato PDF - tamanho 2,55MB - 19 págs - 2019)

- Download PDF -

Visível e Invisível: A vitimização de mulheres no Brasil
(Tipo de publicação: Infográfico de divulgação, Relatório de pesquisa, Survey/Pesquisa de opinião)
A pesquisa procura levantar informações sobre a percepção da violência contra a mulher e sobre a vitimização sofrida segundo os tipos de agressão, o perfil da vítima e as atitudes tomadas frente à violência.
Realização:   Fórum Brasileiro de Segurança Pública     Datafolha Instituto de Pesquisa
Download:         [ opção 1 ]         [ opção 2 ]                         [ Infográfico ]
(formato PDF - tamanho 1,93MB - 50 págs - 2ª edição - FBSP - 2019)

 

7 Dicas do #NamoroLegal

  1. Confie na atitude. Não nas palavras
    Antes de mergulhar de cabeça em uma relação é importante descobrir com quem você está. Muitos garotos fazem declarações de amor e colocam apelidos fofinhos nas namoradas, mas, ao mesmo tempo, têm atitudes explosivas, são autoritários, insensíveis, criticam tudo o que a namorada fala, seu corpo, sua postura, seus amigos, sua família... Opa! Fique atenta!
  2. Seu espaço é só seu
    Não abandone o que te faz feliz! Valorize o seu espaço, o seu território físico e mental, o lugar onde você se sente segura e conectada com sua essência. Esse espaço compreende sua família, amigos, estudo, trabalho e lazer, seu modo de ser. E você não deve abrir mão desse espaço por ninguém!
  3. O "código da boa namorada"
    Você já ouviu falar do "Código da Boa Namorada"? Nunca? É porque ele não existe. Não existe essa de "namorada ideal". No namoro, você não é obrigada a seguir uma lista de comportamentos permitidos ou proibidos para garotas. Muito menos, impostos pelo namorado. Respeite seus próprios limites e aprenda a dizer "não" quando a resposta em seu coração for "não".
  4. A chave da sua vida
    Vamos falar sobre algo muito importante? Em um namoro legal, cada um mantém a chave da sua vida em seu próprio bolso. Isso quer dizer que você não deve deixar as decisões da SUA vida nas mãos dele.
  5. Não vá morar na lua
    Sabe aquele momento em que você está apaixonada? O crush conta uma piada e você se mata de rir, olha o celular um milhão de vezes esperando um simples "oi, linda", sai pela rua espalhando bom dia pra todo mundo como se tivesse ganhado na loteria...
  6. Saia dessa montanha russa de emoções
    Um dia, você está feliz lá nas estrelas e, no outro, está triste jogada na cama. Você percebe que o crush mudou. Ele explode de ciúmes e depois pede desculpas. Vira especialista em críticas que te deixam arrasada e diz que elas são para te ajudar a melhorar, para seu próprio bem. Ou ele parece contorcionista para olhar outras garotas bem debaixo do seu nariz e ainda te acusa de ser ciumenta ou louca. Xinga num dia, porque estava nervoso, e te agrada no outro. E lá vem outra crise, seguida de mais desculpas.
  7. A dica de ouro: Sorry, fera não vira príncipe com "seu amor"
    Garota inteligente, linda e poderosa, existe um segredo de OURO muito importante: nós, garotas, fomos enganadas por séculos, sabia? Ensinaram que cabe às garotas transformar, com seu amor, qualquer um em príncipe encantado. Desculpe dizer, mas esta é a maior FAKE NEWS da história. Não acredite na ilusão de que o seu amor irá mudá-lo.

Leia a íntegra na   Cartilha #NamoroLegal

 

Matérias relacionadas:   (links internos)
»   Campanhas & Programas
»   Publicações

Download:   (arquivos PDF)
»   Cartilha #NamoroLegal   (MPSP - 2019)
»   Visível e Invisível: A vitimização de mulheres no Brasil (2ª edição - FBSP - 2019)
»   Visível e Invisível: A vitimização de mulheres no Brasil (Infográfico)

Referências:   (links externos)
»   FBSP - Fórum Brasileiro de Segurança Pública
»   Microsoft
»   MPSP - Ministério Público do Estado de São Paulo

Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem